ebook2 

 

A Benção do Casamento

livramentos

Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; soltai, e soltar-vos-ão. Lucas 6:37

Este verssículo vem no meio de um monte de conselhos úteis para a vida, vindos diretamente de Jesus. Quando penso neste versículo no contexto do casamento, imediatamente penso em “marcar pontos”

Pense nisso: o objetivo do casamento é permanecer juntos durante toda a vida. Quando você está com alguém quase todos os dias, por anos e anos, não é difícil deixar pequenas coisas somarem. São muitos “pontos” para acompanhar!

Enquanto quase todo mundo sabe que o perdão tem um papel importante no casamento, é fácil perder de vista o conselho importante que Jesus dá: viver com um hábito diário de perdão. No mínimo, isso significa não ficar mais marcando pontos!

A última parte de Lucas 6:37, “Perdoem os outros, e Deus perdoará vocês”, me lembra de Tiago 5:16, que diz “...confessem os seus pecados uns aos outros e façam oração uns pelos outros, para que vocês sejam curados”. Em um casamento saudável, confessar as falhas um ao outro abre a porta para receber o perdão. Por mais que devamos facilmente perdoar aos outros—e especialmente nossos cônjuges—devemos ser capazes de receber o perdão dos outros também.

 Leia Mais 

Graça que PREVALECE

Falando a Palavra de Deus uns para os outros

Versículo do dia: “Tenho visto os seus caminhos e o sararei; também o guiarei e lhe tornarei a dar consolação, a saber, aos que dele choram…” (Isaías 57.18)

Aprenda sua doutrina a partir de textos bíblicos. É melhor assim e alimenta a alma.

Por exemplo, aprenda a graça irresistível a partir dos textos. Desta forma, você verá que não significa que a graça não pode ser resistida; significa que quando Deus escolhe, ele pode e vai vencer essa resistência.

Em Isaías 57.17-19, por exemplo, Deus castiga o seu povo rebelde, ferindo-os e escondendo a sua face deles: “Por causa da indignidade da sua cobiça, eu me indignei e feri o povo; escondi a face e indignei-me” (versículo 17).

Porém, eles não responderam com arrependimento. Em vez disso, eles continuaram a retroceder. Eles resistiram: “mas, rebelde, seguiu ele o caminho da sua escolha” (versículo 17).

Assim, a graça pode ser resistida. De fato, Estêvão disse aos líderes judeus: “vós sempre resistis ao Espírito Santo” (Atos 7.51).
Então, o que Deus faz? Ele é incapaz de trazer aqueles que resistem ao arrependimento e à integridade? Não. O próximo versículo diz: “Tenho visto os seus caminhos e o sararei; também o guiarei e lhe tornarei a dar consolação, a saber, aos que dele choram” (versículo 18).

 Leia Mais 

Homens com "J"

News image

A perda da masculinidade nos nossos dias. Nas escrituras e em muitas civilizações havia esta noção de que o macho ou era um menino ou era um homem. Não há muitos ...

Leia Mais

O que acontece quando a Igreja Ora ?

News image

Texto : Atos 12 Algo poderoso e maravilho acontece quando a igreja ora. Não existe poder maior quando uma igreja está reunida em oração. Atos 12 no...

Leia Mais

Versiculos

Filipenses, 4:6 - Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.

Visite-nos

Brasil - São Paulo - SP
Endereço: R. Nova dos Portugueses, 483
(proximo a estação do metro Santana)
Bairro:  Santa Teresinha
Fone: 2236-0720
Email: contato@igrejaplenadagraca.com